29.4.10

Há alturas na vida em que as palavras nos falham… Os sentimentos são tão avassaladores que se torna mesmo insustentável, impossível transformá-los em matéria, em algo lógico… Tentamos exprimir cada pedacinho da nossa alma, do nosso pensamento… Mas em vão… Pois não há grandeza e poder suficientes no resultado verbal, nas frases, na enfatização… A dor, o medo, a raiva, a mágoa, o amor, tudo se perde no caminho entre o nosso coração e o processo intelectual do discurso…
As lágrimas são o que mais parece fazer jus às emoções… Quem dera que fosse fácil transcrever o que sentimos, ainda que fosse só para o papel… Pelo menos assim algum do nosso desespero ficaria materializado e deixaria de nos pertencer, de nos sobrecarregar, de ser um fardo na nossa mente e no nosso coração…

19.2.10

Dollhouse


Fiquei recentemente fã de uma nova série chamada "Dollhouse". Não podia ter um mote mais actual... Pessoas que são informaticamente programadas, recebendo inputs neurológicos que podem fazer delas médicos, assassinos, esposas perfeitas, amantes apaixonados, stripers, agentes secretos, etc... Todas as memórias, qualidades, defeitos, tiques nervosos, medos, capacidades, conhecimentos de uma personagem, tudo isto é uploaded em questão de segundos para a mente dos "Activos" (designação dada a estes soldados)... No seu estado "clean slate" experienciam a mais pura inocência infantil, sem malícias, livre-arbítrio, ou ânsias intelectuais de espécie alguma...
Seria este o cenário e as circunstâncias ideais para a criação dos escravos do Século XXI que as grandes empresas pretendem hoje em dia: sem vida pessoal, sem sentimentos, sem emoções... Autênticos robots dispostos a qualquer tipo de tarefa, a qualquer hora do dia, durante tempo indefinido e ininterrupto... Tudo em nome dos números, do capital, dos resultados, da concorrência... Seríamos todos (ainda mais) marionetas numa grande peça ridícula e desgastante...
Quando déssemos por nós não passaríamos de soldados sem almejar felicidade ou sentimentos genuínos como o amor, a amizade, a lealdade... Sem família, sem amigos, sem passatempos, só preocupações, stress, e pesadelos...
No way...

29.12.09

You are the candle, love's the flame
A fire that burns through the wind and rain
Shine your light on this heart of mine
'Till the end of time

You came to me like the dawn through the night
Just shining like the sun
Out of my dreams and into my life
You are the one, you are the one.

Said I loved you, but I lied
'Cause this is more than love I feel inside
Said I loved you, but I was wrong
'Cause love can never, ever feel so strong.


I Said I loved you, but I lied.

With all my soul I've tried in vain
How can mere words my heart explain
This tastes of heaven, so deep, so true
I’ve found in you

So many reasons, in so many ways
My life has just begun
Need you forever, and I need you to stay
You are the one, you are the one


Said I loved you, but I lied
'Cause this is more than love I feel inside
Said I loved you, but I was wrong
'Cause love can never, ever feel so strong.


I Said I loved you, but I lied

You came to me like the dawn through the night
Just shining like the sun
Out of my dreams and into my life
You are the one, you are the one

Said I loved you, but I lied
'Cause this is more than love I feel inside
Said I loved you, but I was wrong
'Cause love can never, ever feel so strong


I Said I loved you, 'cause this is more than love I feel inside

I Said I loved you… But I lied.



(Michael Bolton, "Said I Loved You But I Lied")

31.10.09

A very truthful quote...

"If you put aside your desire to find the perfect man, you might just find THE MAN THAT'S PERFECT FOR YOU..."




25.10.09

ESTOU INDISPONÍVEL!!!!!!
FORA DO GRUPO DAS SOLTEIRAS!!!!!!!!!!!

AMO-TE MUITO, JOÃO!!!

19.10.09

Perspectivas Diferentes...

Dizem que o corpo humano fica 26 g mais leve quando morre...


Alguém Relogioso dirá que é o peso da alma que abandonou o corpo...
O Médico Legista dirá que era o peso do Ar nos pulmões...

18.10.09

"It has been said: 'time heals all wounds.' I do not agree. The wounds remain. In time, the mind, protecting its sanity, covers them with scar tissue and the pain lessens. But it is never gone..."
(Rose Kennedy)

15.10.09

A Wish (Keep Fighting)...

"(Drive)
Please don't be scared
I won't dissapoint you
Just look at my face
I shouldn't love you anyway

I wanna try it
I think I'm already trying
I'm already trying

Because I believe it
Yes I believe it
And I am trying...

(Lúcia Moniz)
Please keep fighting
Keep fighting...
Together we can build something beautiful
Please keep fighting
Together we'll build love...

(Drive)
I can't live without you
Could I ever learn how to live with you?

(Drive e Lúcia Moniz)
Cause I believe it
Yes I believe it
And I am trying...

Please keep fighting
Keep fighting
Together we can build something beautiful
Please keep fighting
Together we'll build love...

Please keep fighting
Keep fighting
Together we can build something beautiful
Please keep fighting
Keep fighting...

(Drive e Lúcia Moniz)
I wont give up on you...

Please keep fighting
Together we'll build love...

Don't you give up now on me
I won't give up on you..."



(Lúcia Moniz Ft Drive)

14.10.09

You Found Me...

"I found God
On the corner of First and Amistad
Where the West
Was all but won
All alone
Smoking his last cigarette
I said, "Where you been?"
He said, "Ask anything"

Where were you
When everything was falling apart?

All my days
Were spent by the telephone
It never rang
And all I needed was a call
It never came
To the corner of First and Amistad

Lost and insecure
You found me, you found me
Lying on the floor
Surrounded, surrounded
Why'd you have to wait?
Where were you? Where were you?
Just a little late
You found me, you found me

But in the end
Everyone ends up alone
Losing her
The only one who's ever know
Who I am, who I'm not
And who I want to be
No way to know
How long she will be next to me

Lost and insecure
You found me, you found me
Lying on the floor
Surrounded, surrounded
Why'd you have to wait?
Where were you? Where were you?
Just a little late
You found me, you found me

Early morning
The city breaks
And I've been calling for years
And years, and years, and years
And you never left me no messages
And you never sent me no letters
You got some kind of nerve
Taking all that I want

Lost and insecure
You found me, you found me
Lying on the floor
Where were you? Where were you?

Lost and insecure
You found me, you found me
Lying on the floor
Surrounded, surrounded
Why'd you have to wait?
Where were you? Where were you?
Just a little late
You found me, you found me

Why'd you have to wait
To find me? To find me?"


(The Fray)

30.9.09

Molestação...


"(...) the reality is that in 75 percent of [paedophilia] cases the abuser is known to the child as a family member, a family friend, or a community member who as a high level of access to the child. Through grooming processes perpetrators are able to establish trust and gradually erode the boundaries of the child."


Um tema de que há muito não se ouve falar em Portugal (já lá vão 7 anos desde que se despoletou o escândalo Casa Pia), despertou recentemente a minha atenção e confesso que fiquei realmente enojada com algumas coisas que encontrei e li na Internet... Que a maioria dos abusos sexuais ocorre levados a cabo por molestadores próximos, familiar ou socialmente, da criança, já eu tinha noção, mas é revoltante perceber que nem sempre temos a consciência de que pode acontecer a alguém da nossa família, do nosso círculo de amigos... Ainda não tenho filhos, mas só de imaginar que alguém possa cometer uma atrocidade destas com a minha afilhada de 9 anos, assumo que acho que seria capaz de matar quem o fizesse...

Não imagino a imensidão do trauma que será para uma criança ser molestada vezes sem conta, por alguém que tem permissão para entrar na sua casa, no seu quarto... E a confusão de sentimentos que sente, já que estudos indicam que a criança geralmente se sente culpada e é manipulada de tal modo que não confessa a ninguém o que fazem com ela...

Nos dias que correm, tendo em conta que não podemos confiar no estereotipo do violador/pedófilo que nos foi "impingido" pelos media, é preciso ter atenção sextuplicada ao sítio e à pessoa a quem "entregamos" as nossas crianças... Porque as aparências iludem e a pessoa que nos parece "normal" pode precisamente ser um desses VERMES...


De acordo com os psicólogos os sinais/indicadores comportamentais mais frequentes de que uma criança está a ser molestada são:


- Mudança radical na forma de agir

- Aumento intenso e repentino da agressividade

- Pesadelos frequentes

- Mudança brusca na forma como se expressam (desenhos por exemplo)

- Medo descabido de determinadas pessoas (não necessariamente do perpetrador)

- Reacção aversiva a ser tocado(a) fisicamente


Portanto, fiquem atentos...


A propósito deste tema, continuo sem perceber como ainda há pais (muitos, muitos mesmo!!!) que vão para grandes superfícies comerciais com os filhos e nem sequer andam "de olho" neles... Esquecem-se que num piscar de olhos uma tragédia pode acontecer e alguém os levar...



27.9.09

Férias em Tavira com o meu AMOR...




22.9.09

"NO MATTER HOW BADLY A THING IS HURTING US... SOMETIMES LETTING IT GO HURTS EVEN WORSE..."*

I'm in HELL without you... I will LOVE YOU forever...
(*Grey's Anatomy, Season 4, Episode 2)

20.7.09

Moments...






"There are moments... Moments that in a split second your life changes forever..."*
Moments like this make us grateful for being alive... Grateful for being loved... Grateful for feeling love... There's nothing compared to the joy of spending time with our loved ones... Love may only happen once in a lifetime (or none at all), and if you have the luck to do that, make sure you fight with every vein, every muscle, and every strength in your body to keep it...


* (Grey's Anatomy, Season 3, 1st episode, "Time Has Come Today")

26.6.09

Perdi-me...
Procurei o Norte na bússola da vida...
Sem rumo,
Acabei naufragada num mar de horrores...
Dilacerada pelas mandíbulas da solidão...
Tentei fugir
Remar com a força telúrica de Anteu...
Em vão...
As águas que percorri
A imensa profundidade que combati
Venceram a coragem e a obstinação.
Cansada, procurei refúgio nos braços da Esperança

A última a morrer...
Sim, porque antes dela
Atravessei as portas para o além...
Minha alma adormeceu...
Jaz ainda nos confins desse infinito
Escuro e sombrio...
E daí não mais sairá...

21.6.09




14.6.09

Soneto do AMOR TOTAL...


"AMO-TE TANTO, meu amor... não cante
O humano coração com mais verdade...
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.

Amo-te afim, de um calmo amor prestante
E te amo além, presente na saudade
Amo-te, enfim, como grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.

Amo-te como um bicho, simplesmente
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente

E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo, de repente
Hei-de morrer de amar mais do que pude..."
Vou amar-te para sempre...

31.5.09

I will ALLWAYS LOVE YOU...



A dor e o vazio que sinto
Não me destroem completamente
Porque ainda assim acredito
Que te amarei eternamente

E quando a força me abandonar
O meu coração, fraco, se contorcer
E os meus olhos não conseguir enxugar
Continuarás a ser TU QUE EU QUERO TER...

O AMOR que trago dentro do peito
Manter-me-á viva e calma
Espero por ti quanto for preciso

Aqui estarei de corpo e alma
Ainda que pareça perder o juízo
E a SAUDADE imensa não tenha jeito...



Cátia


Escrevi a pensar em ti, AMOR DA MINHA VIDA...
(My heart is also broken...)

29.5.09

HAJA O QUE HOUVER, EU ESTOU AQUI...
HAJA O QUE HOUVER, ESPERO POR TI...
Vou amar-te para sempre, João!

25.5.09

Saudades...


Sinto muita falta daqueles dias... Daquelas noites... Amo-te muito...

19.3.09

Please, forgive me...


“(...) As human beings we all try to do the best we can. But the world is full of unexpected twists and turns. And just when you’ve gotten the lay of the land, the ground underneath you, shifts. And knocks you off your feet. If you’re lucky you’ll end up with nothing more than a flesh wound. Something a band-aid will cover. But some wounds are deeper than they first appear and require more than just a quick fix. With some wounds you have to rip off the bandage, let them breathe and give them time to heal...”
Grey's Anatomy, Season II, 20th episode ("Band-Aid Covers the Bullet Hole")

Qual o preço de magoar alguém? Às vezes as nossas acções impensadas provocam ferimentos incuráveis na alma e no coração de quem amamos... Momentos como estes fazem-nos perceber que, embora sem comparação possível à dor provocada, aquela que sentimos corrói-nos de igual modo... Porque nada nos permite sentir injustiçados, atingidos, donos da mágoa... A culpa foi nossa... Não podemos acusar ninguém nem exigir cura para as nossas feridas, fomos nós que as provocámos... Há algo de muito doloroso no remorso... A cura depende essencialmente de nós e da nossa capacidade de investir no que realmente vale a pena... Posto isto, resta-nos apenas esperar o perdão... E acreditar que o tempo e o AMOR tudo curam...


Vou fazer tudo para curar as tuas feridas... Amo-te muito...

2.3.09

Alfa Mike, Juliett Golf...

A vida ensinou-me a cair, a desiludir-me com as pessoas importantes que passaram por ela, a chorar, a desesperar e mais uma data de coisas que a enchem de tristeza... Não me ensinou a dizer Adeus ao ÚNICO E VERDADEIRO AMOR, sem que isso significasse uma dor insuportável e destruidora... Não me ensinou a ser apenas e somente FELIZ... Amar-te e ser amada por ti foi o único presente que Deus me concedeu em 25 anos... Tu és a "outra metade" pela qual esperei a vida toda, sem ti acordar não faz sentido, sentir não faz sentido, respirar não faz sentido, viver deixa de fazer sentido! A dor que sinto apenas com a ideia de te perder faz-me preferir morrer... Não me mates... Se não for para te amar mais vale mesmo que o meu coração pare, porque mais nada nem ninguém pode fazê-lo bater assim...

EU VOU AMAR-TE PARA SEMPRE!!!

16.1.09

AMO-TE!!!!!!!!!!!



Contigo o “PARA SEMPRE” parece pouco... O “AMANHÔ soa a “NUNCA MAIS CHEGA”... O “ATÉ JÁ” significa morrer de saudades... O “ÉS AMOR DA MINHA VIDA” sabe a felicidade eterna... Não há nada cujo tamanho não se torne insignificante perto da imensidão do NOSSO AMOR, João...

És tudo o que sempre sonhei... AMO-TE como nunca amei ninguém!!! O meu coração é teu...

5.1.09



"Baby you're all that I want
When you're lying here in my arms
I'm finding it hard to believe
We're in heaven
And love is all that I need
And I found it there in your heart
It isn't too hard to see
We're in heaven...
I've been waiting for so long
For something to arrive
For love to come along
Now our dreams are coming true
Through the good times and the bad
Ya... I'll be standing there by you..."


Agora mais do que nunca esta música faz sentido...
PS: a imagem significa AMO-TE em língua gestual... :-* :-* :-*

21.12.08

"Soneto do Amor Eterno" (Vinicius de Moraes)


"De tudo, ao meu amor serei atento
Antes e com tal zelo, e sempre e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei-de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou ao seu contentamento.

E assim quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angustia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama

Mas que seja infinito enquanto dure."

2.12.08

Crise Energética (???)

Numa época em que se sofre de uma crise energética de grande amplitude, o preço dos combustíveis oscila com a mesma frequência do humor feminino em dias de TPM, a contenção afecta-nos a todos e obriga-nos a ponderar a utilização das energias renováveis. Inesgotáveis (à partida...), proporcionam o bem maior de não poluírem o ambiente...
Igualmente inesgotável parece ser o dinheiro dos portugueses em tempo natalício... Tudo é motivo para se enforcarem com Créditos ao Consumo e esgotamentos de plafond dos cartões VISA... Em Janeiro, passados os dias de loucura, o esgotamento é outro... Nervoso...
Será que sou a única que acha ridículo contrair dívidas para se fazer boa figura com as prendas que se oferece??? A maioria da população portuguesa não deve pensar assim...

Mas gabo-lhes a paciência... É preciso ter armazenada muita energia para se suportar o frenesim dos centros comerciais às portas do tão celebrado dia... (coff, coff)... E essa, apesar de renovável, é, todavia, bastante poluidora... A julgar pelo considerável aumento de estupidez e brutalidade do comum consumidor...

27.11.08

Hope...


“Sofre mais aquele que sempre espera do que aquele que nunca esperou nada?”

(Pablo Neruda)

Há escritores que dizem que a Esperança é o medo superado. Outros acreditam que abdicar da Esperança significa que temos de passar a viver e não apenas nos prometermos a vida... Eu prefiro achar que se não fosse uma boa dose de Esperança muitos de nós não aguentariam o dia até ao fim...
***
(Foto de Ramarago, Fonte: site 1000 Imagens.com)

22.11.08

Num mundo PERFEITO...

Não há velhos nojentos a escarrar para o chão enquanto comemos um hamburger numa roulotte com um grupo de amigos...
A nossa folga não calha no feriado...
Não nos apaixonamos pela panca de uma amiga...
Não há ninguém que nos diga “cala-te” quando a nossa conversa não lhe interessa...
As carrinhas da PSP transportam todas agentes giros e simpáticos...
A melhor amiga não vai trabalhar no único fim-de-semana que temos de folga no mês inteiro...
O gajo giro que conhecemos e nos interessa não tem namorada...
Não há alguém extremamente atraente que queira fazer amor connosco quando temos a depilação por fazer...
O sol brilha quando combinamos um passeio num domingo à tarde...
O meu amor troca tudo por uma noite escaldante... COMIGO... ;)
O
collant
não rompe no início de uma festa...
O nosso ex. não arranja uma namorada 1000 vezes melhor que nós...

(seria bom...)

18.11.08

How much is too much?

When do you actually realize that you’re giving too much? In romantic relationships how can you distinguish love from possession? Do you need to be cold and distant to receive the LOVE you want?
These kinds of questions have made me perhaps become a different person… Not because I don’t believe in demonstrations of affection, but sometimes our reactions are misunderstood or mistaken with amplified sensitivity…
Personally, I think that when we really LOVE someone we have to be able to express it…
We might not have the chance again…

23.10.08

QUERO UM HOMEM QUE ME FAÇA A MARMITA!!!

Achei que eram mito, lenda, história contada por mentirosas gabarolas... Mas não!!! Eles existem! Homens que lavam, passam, arrumam e (ESPANTEM-SE!) ainda cozinham (E BEM!!!) para as namoradas/esposas... Ouvi dizer que um dos meus colegas fazia diariamente a comidinha e preparava o respectivo tupperware para a sua namorada, com quem partilha a vida e a casa. O choque :) só não foi maior tendo em conta o rapaz em questão... Porque, perdoem-me os homens se estou a ser injusta, mas que esses escasseiam, escasseiam... Ainda não tive a sorte de encontrar um assim para mim, dado que, ao que tudo indica, já estão todos ocupados... É pena...
Doravante, será este o mote da minha vida:
QUERO UM HOMEM QUE ME FAÇA A MARMITA!!!...

20.10.08

Vendo carro sem piscas...

Tenho quase a certeza de que deve haver por aí algures um stand que vende automóveis mais baratos, construídos sem piscas... É a única explicação plausível que encontro para o grande número de condutores portugueses que simplesmente não utiliza as luzes de sinalização de mudança de direcção... Ou então esses indivíduos pertencem todos a uma seita ou religião que os proíbe de avisar quem circula atrás ou em paralelo, quando se resolve abandonar a via ou até parar nela...
Perdoem-me a intransigência, mas não acho normal um gajo parar onde bem entende e nem se dar ao trabalho de pôr a m**** dos 4 piscas...